Na Agrishow estão expostas as colhedoras de cana-de-açúcar da Série A8000 e A8800 da Case IH, que será comercializada com um pacote de aperfeiçoamentos que melhora o desempenho das máquinas e a rentabilidade da operação de colheita no canavial. As novidades incluem um novo software de controle do consumo do combustível, além de melhorias no sistema de arrefecimento da caixa do motor, no sistema de controle automático do corte de base (auto tracker) e em alguns itens de segurança das máquinas.

“Analisamos, ao longo de 2011, todos os indicadores das máquinas e realizamos reuniões sistemáticas com nossos clientes para entender exatamente onde as inovações deveriam ser aplicadas. A partir destes dados, a engenharia da Case IH desenvolveu as mudanças que estamos apresentando agora para o mercado”, diz o diretor de marketing da Case IH para a América Latina, Alfredo Jobke.

Para otimizar o consumo de combustível das colhedoras, em situações em que a demanda de carga é menor o sistema Smart Cruise é um software especialmente desenvolvido pela Case IH. O software ajusta automaticamente a rotação de trabalho da colhedora com base na carga que está sendo exigida pela operação, possibilitando a redução no consumo. Caso a colhedora fique parada por mais de 15 segundos em rotação de trabalho, o Smart Cruise reduz de forma automática a rotação do motor, contribuindo para a economia de combustível”, explica Jobke.

Os modelos 2012 das colhedoras da Série A8000 passam a contar com um sistema de arrefecimento maior, com o ventilador chegando a 38 polegadas ao invés de 36 polegadas do modelo anterior, além disso, foi introduzido um radiador extra de óleo hidráulico. As duas melhorias resultaram em uma queda de aproximadamente 6ºC no sistema, que também passa a contar com um novo sensor de temperatura com precisão para 1,5ºC, contra o 6ºC do antigo. As colhedoras da Série A8000 modelo 2012 são equipadas com o Auto Tracker possuem um cilindro e um sensor mais robusto, instalado na posição vertical atrás da cabine. “Esta mudança visa tornar o cilindro e o sistema menos vulnerável a contaminação e danos”, explica Jobke.

Ainda dentro do conceito de reduzir a exposição do sistema Auto Tracker, o reservatório de óleo, que antes ficava do lado externo, está localizado dentro da cabine e ganhou uma nova função – a de orientar o operador no ajuste da altura do corte de base quando estiver no modo manual. Um registro foi introduzido dentro da cabine para viabilizar a escolha do modo de trabalho – Automático (utilizando o Auto Tracker) ou Manual (utilizando a orientação através da escala visual).

Segurança

A Case IH tem como compromisso atender todas as normas de segurança vigentes bem como proporcionar a todos os envolvidos com a colhedora de cana um ambiente confortável e seguro para o trabalho. A Série A8000 modelo 2012 apresenta novos itens, como cinto de segurança no assento de instrutor, lanternas traseiras, proteção no volante do picador e trava de segurança para manutenção para parte frontal inferior da máquina.

O picador Extreme Chopper possibilita a colheita com maior velocidade, inclusive em áreas de elevada produtividade de cana a partir do primeiro corte. Como resultado a capacidade de colheita operacional (toneladas/hora) é maior e o consumo de combustível (litros/tonelada de cana colhida) é menor.

Conforto e facilidade de operação também fazem parte do pacote da série A8000. Esses equipamentos possuem transmissão e direção eletrônica por Joystick, que possibilita o menor esforço e maior facilidade para operar a colhedora. O Monitor AFS 200, com 6 telas, com até 12 indicadores cada, possibilita a visualização de dados de acordo com as necessidades operacionais. O console lateral direito é equipado com uma alavanca multifuncional, onde o operador encontra os botões de acionamento para todas as funções de colheita ergonomicamente localizados.
Outro diferencial é que a Case IH é a primeira fabricante de colhedoras de cana a disponibilizar como item de série um computador de bordo (Data Logger), que se comunica com o melhor software de agricultura de precisão do mercado, o Case IH AFS Desktop Software. “Através do Data Logger o cliente tem a sua disposição uma ampla gama de parâmetros como a temperatura do óleo hidráulico, consumo de combustível em trabalho, rotação do motor. Todos os dados podem ser selecionados e registrados durante o período de trabalho, tudo isso através de uma interface interativa e de simples utilização”, afirma Jobke.

Outro recurso disponível para a série A8000 é o piloto automático Case IH AFS Guide. Com ele, é possível fazer o trafego controlado e diminuir a incidência de pisoteio nas áreas de soqueira, além de possibilitar um aumento da capacidade de campo operacional diurno e noturno. O mapa de plantio pode ser importado para a colhedora, que encontrará automaticamente a linha de cana com precisão de até 2,5 cm, liberando o operador do controle da direção.

Fonte: Ascom Case IH